Telefone: (62) 3642-9440 / (62) 3642-9442 Facebook Instagram
Dê adeus aos maus hábitos da alimentação

Por Manoela Messias, da Comunicação Sem Fronteiras Nem só de uma dieta balanceada é feita a nossa saúde alimentar. Alguns maus hábitos do dia a dia podem influenciar, e muito, para agravar e até mesmo ocasionar sérios distúrbios alimentares, como a obesidade por exemplo. Comer em frente à TV, beber durante as refeições ou comer

0 Comentários

Por Manoela Messias, da Comunicação Sem Fronteiras

Nem só de uma dieta balanceada é feita a nossa saúde alimentar. Alguns maus hábitos do dia a dia podem influenciar, e muito, para agravar e até mesmo ocasionar sérios distúrbios alimentares, como a obesidade por exemplo.

Comer em frente à TV, beber durante as refeições ou comer muito depressa são práticas há muito condenadas por nutricionistas e outros profissionais de saúde.

O grande problema é que por serem hábitos muito presentes em nossa rotina e aparentemente inofensivos, a grande maioria das pessoas não percebe o quanto essas práticas erradas afetam a nossa saúde.

Pensando nisso, a nutricionista clínica Andrea Menezes cita alguns hábitos para os quais precisamos dar adeus o mais rápido possível, em nome da nossa saúde alimentar, confira.

1- Suspenda o consumo de refrigerantes

Segundo a nutricionista os refrigerantes são ricos em açúcar, o que aumenta o ganho de peso, a propensão à diabetes e pode levar à obesidade.

Além disso esse tipo de bebida possui ácido fosfórico, substância que dificulta a absorção de nutrientes como o cálcio, facilitando a osteoporose. “É importante evitar consumir refrigerantes durante as refeições, pois os nutrientes de cada alimento são importantes para o nosso organismo”, explica a nutricionista.

2- Evite comer na frente da TV ou ao computador

Segundo Andrea Menezes fazer as refeições assistindo ao jornal, a novela ou até mesmo aquele seriado que você tanto gosta pode fazer com que você coma mais sem perceber. Toda vez que nos alimentamos nosso cérebro vai recebendo uma mensagem do nosso organismo informando sobre a saciedade.

Se você estiver atento a outras coisas, como a TV, o celular ou o computador, seu cérebro estará fora do foco da alimentação, por isso dificulta a chegada dessa mensagem até ele, fazendo com que a quantidade de comida ingerida seja maior que o normal.

3- Não retire alimentos do seu cardápio sem a devida orientação

Andrea Menezes diz que tem sido moda tirar do cardápio alimentos que contém lactose, glúten, frutose, etc. Mas a nutricionista recomenda que isso seja feito apenas sob orientação médica.

“Principalmente quando se trata de crianças ou adolescentes. É desnecessário retirar alimentos que contenham estas substâncias sem que haja real necessidade. Isso pode prejudicar no crescimento, no desenvolvimento ósseo, dentre outros fatores”, explica a nutricionista.

4- Não beba durante as refeições

É comum vermos as pessoas tomando um suco de frutas ou água enquanto faz suas refeições, mas saiba que isso prejudica (e muito) todo o processo do seu organismo.

De acordo com a nutricionista comer bebendo pode atrapalhar o processo digestivo, aumentar a formação de gases, interferir no controle de saciedade e causar distensão gástrica. “Alguns estudos apontam que, caso este seja um hábito indispensável o ideal é consumir água, já que este líquido é o que menos causa transtornos ao organismo”.

5- Coma devagar

Fazer as refeições de forma muito rápida piora a mastigação, prejudica a função digestiva do corpo, aumenta o desconforto gástrico, agrava o refluxo e a gastrite (caso a pessoa tenha) e também prejudica a absorção dos nutrientes ingeridos.

“É preciso trabalhar bem a mastigação para melhorar a ansiedade, a saciedade, a compulsão e todo o processo digestório”, conta Andrea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *